Passar para o conteúdo principal
x

O Ministério da Defesa da Rússia adopta Linux em detrimento do Windows

Mais uma noticia que vai ao encontro da adopção de software livre por parte de grandes e importantes organismos!

O Astra Linux será a distribuição escolhida e vai ser iniciada de imediato a sua implementação!!!

O plano da Rússia é simples: Eles não querem depender de sistemas proprietários desenvolvidos por outros países. Portanto, eles optaram pelo Astra Linux, um sistema baseado no Debian desenvolvido pela empresa RusbBITeh do mesmo país.

"A decisão de transferir todos os computadores do departamento militar para o software russo já foi feita. Em 2018, o Ministério da Defesa receberá os primeiros pacotes do Astra Linux para começar a formar as tropas."
Foram as primeiras declarações emitidas pelo Ministério da Defesa Russo publicados pela Izvestia.

O Astra Linux incorpora uma variedade de aplicações de controlo de acesso, suporte extensivo para protocolos de rede, gestão de bases de dados e ferramentas de segurança, não há dúvida de que a transparência e robustez do código aberto foi o ponto principal que motivou os russos a irem na direcção da adopção de software livre.

 

Other-Linux-3.x-kernel-64-bit-2017-03-14-21-32-11.png

O instalador do Astra Linux é essencialmente um instalador Debian e, portanto, é muito fácil de usar. Existe uma opção para usar o inglês durante a instalação, no entanto existem apenas zonas horárias russas disponíveis, situação que pode ser corrigida a posteriori se pretender adicionar outros fusos horários.

O desktop Astra Linux é chamado de "Fly" e é muito similar ao KDE 3.4. com um aspecto um pouco "antigo", mas isso é pouco importante quando se trata de segurança... o importante é ser rápido e funcional e acima de tudo fiável!

Other-Linux-3.x-kernel.png

 

A Rússia parece assim querer obter em definitivo a independência do software proprietário e da Microsoft, apostando em desenvolver o seu próprio sistema operativo.

Se quiser testar o Astra Linux, clique aqui para aceder à pagina de download.

 

Espero que este artigo lhe tenha sido útil!

Até à próxima!

Deixem ficar os vossos comentários e sugestões!


Detectou algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a esse artigo? Colabore, clique aqui e ajude a melhorar o conteúdo.