Passar para o conteúdo principal
x

Pop!_OS - LUKS - Encriptação do disco

Muito bem, quer proteger as suas coisas dos curiosos? Comece em primeiro lugar por encriptar o seu disco!

A System76, famosa por fabricar e vender computadores baseados em Linux, partilhou recentemente mais alguns detalhes sobre o trabalho realizado no novo instalador que deve chegar junto com a próxima versão do sistema Pop!_OS. Para quem não conhece ainda o Pop!_Os é uma distribuição baseada em Ubuntu. Clique aqui para ver algumas diferenças.

Segundo informações publicadas no seu blog oficial, a empresa está colaborando com Daniel Foré, do elementary OS, para que os utilizadores possam ter acesso a criptografia completa do disco nas novas instalações do sistema.

"Esta semana foi basicamente dominada pelo trabalho no instalador. Daniel Foré, do elementary OS, veio para trabalhar sobre o novo instalador...", "O trabalho com o elementary OS foi focado na experiência do utilizador em volta da instalação, particionamento do disco, inicialização dupla (dual boot) e criptografia completa da unidade", diz a System76.
 

popos_enable-encryption.png

 

popos_enter-password.png



A System76 é conhecida como OEM com grande foco na privacidade e segurança, sendo o seu objectivo para o futuro disponibilizar PCs Linux que são criptografados por defeito.

A empresa trabalhou em torno de todos os desafios que encontrou pelo caminho com a implementação da criptografia completa do disco, conseguindo por isso melhorar a experiência do utilizador para instalar o Pop!_OS.

O trabalho no novo instalador é liderado por Daniel Foré, do elementary OS, que fica como o responsável pela experiência do utilizador, enquanto que os engenheiros da System76 concentram eforços no backend do instalador.

Anteriormente, os utilizadores que pretendessem criptografar os seus computadores necessitavam de reinstalar o sistema operativo e activar a criptografia de disco, portanto, oferecer criptografia de disco completo durante a primeira inicialização do sistema parece ser o caminho a seguir.

Será este o novo standard de segurança a seguir por outras distribuições?

 

Espero que este artigo lhe tenha sido útil!

Até à próxima!

Deixem ficar os vossos comentários e sugestões!


Detectou algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a esse artigo? Colabore, clique aqui e ajude a melhorar o conteúdo.