Passar para o conteúdo principal
x

Manjaro Linux - A experiência corportativa

"Jovens", aqueles que me conhecem sabem que arch e o manjaro também são distribuições que gosto bastante. Tenho o Manjaro instalado no meu velhinho HP Elitebook2540p Core i7 8Gb ram que funciona às mil maravilhas!!!

Recentemente tive a necessidade de dar uma vista de olhos a outras distribuições para decidir qual se poderia encaixar melhor num pequeno projecto de uma pequena empresa... (tal como fiz no passado com o open Suse para um projecto maior). A ideia é migrar Windows XP (sim... velhinho e bom, mas já sem suporte!) para um sistema económico (Linux) e que seja fácil de implementar numa pequena rede de trabalho mas que tem necessidades de disponibilidades de cargas de trabalho... Não queremos estar a aguardar que o Windows termine uma actualização para começarmos a atender um cliente...

Debian é logo a minha primeira escolha... mas... vamos experimentar algo um pouco diferente... O Debian está no topo da lista... mas para ficar como quero, tenho que andar a fazer algumas modficações...

elementary OS... Uma apresentação muito bonita!!! Mas depois de umas horas não me pareceu suficientemente estável... principalmente com alguns artifactos estranhos no ambiente que deixam algumas aplicações (especialmente JAVA) um pouco desalinhadas... e com algumas interrupções estranhas no ambiente desktop... fez logoff 2 ou três vezes... ainda têm algum trabalho pela frente... quem sabe no futuro...

elementary

Ubuntu, nem considerei... já conhecem a minha posição sobre o Ubuntu. (Se não conhecem vejam aqui). Mint e Cinnamon também não fazem parte das minhas escolhas...

Fedora 28 Gnome, apoiado pela Red Hat, será sempre uma escolha a ponderar... O Cliente não gostou do interface gráfico... "Ui... é estranho o comportamento... as barras superiores são muito grandes... como é que minimizo uma janela?!" Claro que foi a instalação out of the box sem qualquer costumização... mas se a primeira reacção foi assim, nem quero pensar mais no assunto... Podia ter experimentado o KDE e provávelmente seria uma experiência diferente... mas seguindo em frente...

fedora-26-linux-to-reach-end-of-life-on-june-1-2018-upgrade-to-fedora-28-now-521325-2

openSuse, suficientemente maduro para qualquer implementação e integração empresarial! não há dúvidas!!!

Mas a decidí ainda arriscar um pouco e mostrar o Manjaro XFCE 17.1.12 que trouxe uma experiência totalmente diferente do ponto de vista do utilizador... "Olha que fixe... Rápido a arrancar... ambiente limpinho sem grandes invenções..."

xfce

Ficou o Debian, o openSuse e o Manjaro no TOP 3 a experimentar... então dicidiu-se começar pelo "menos" conhecido...

Ficou uma máquina com o Manjaro XFCE 17, outra com o Debian 9.5 KDE plasma e outra com o openSuse KDE, em funcionamento durante uns dias, para se irem adaptando, tentando perceber os "truques" do linux... Ao fim de alguns dias, estavam todos os postos de trabalho com o Manjaro... Máquinas com 2 monitores, instalação de controladores de impressão sem problemas... A migração dos documentos do office para o LibreOffice foi "imediata", claro que ainda há algum trabalho a fazer e uma curva de aprendizagem a cumprir, adaptação a novas filosofias...

Mas o que resalta aqui é que mais uma vez a migração para o linux não é um bichinho de 7 cabeças! Com um pouco de trabalho e persistência consegue-se! A história que nos vendem que o software proprietário é melhor, nem sempre corresponde à realidade e às necessidades das empresas...

 

Espero que este artigo lhe tenha sido útil!

Até à próxima!

Deixem ficar os vossos comentários e sugestões!


Detectou algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a esse artigo? Colabore, clique aqui e ajude a melhorar o conteúdo.