Passar para o conteúdo principal
x

O Deepin Linux

"Jovens", hoje trago-lhes o Deepin Linux! O Deepin é uma distro chinesa desenvolvida com foco na simplicidade e elegância. Apareceu em 2004 como o nome inicial de Hiwix, e até 2015 foi baseada no Ubuntu, mas actualmente é uma distro baseada no Debian.
O que mais se destaca no Deepin é o ambiente de desktop chamado DDE (Deepin Desktop Environment) com base no Qt 5. A área de trabalho suporta Hot-Corners e incorpora uma série de widgets para exibir informações, como o clima e notificações das aplicações, etc.

A última versão do Deepin já incorpora o HiDPI, o que significa que ele suporta monitores HD. O Deepin só está disponível para sistemas de 64 bits como um ISO de 3,2 GB.

Tem um ambiente muito bem conseguido, com os ícones a encaixarem-se muito bem no tema, o que não é de admirar que sejam usados por muitos outros utilizadores de Linux noutras distros.

Uma das grandes diferenças do Deepin é a forma de configuração do sistema que é apresentada numa barra lateral à direita com um aspecto similar à do Android ou até do Phoenix OS, mas com um problema enorme para os iniciantes em linux no que toca à alteração das aplicações por defeito, e este é um ponto extremamente negativo, não apresentando as aplicações correspondentes à categoria que estamos a alterar, remetendo-nos para a raiz do sistema e obrigando a localizar a aplicação que pretendermos.

deepin-Linux-15.3-system-update-info-screenshot.jpg

Na Deepin Store podemos encontrar muitas aplicações fornecidas e desenvolvidos pela equipa do Deepin assim como por terceiros. O design do centro de aplicações é muito intuitivo. As aplicações em grande parte usam miniatura o que torna mais "agradável" a visita à loja.

deepin store v4.0.jpg

 

Em resumo, o Deepin, baseado no Debian, é bastante estável, muito elegante e confortável para o utilizador, com provavelmente o melhor ambiente desktop! Existem pontos que vão seguramente ser alvo de melhorias como por exemplo o que citei sobre a alteração das aplicações por defeito, mas a meu ver o problema do Deepin é outro... e mais complexo...

Tenho de ser honesto com todos vocês pois ainda não é desta que vou trocar de distribuição!

Não me interessa saber onde e por quem é desenvolvido o Deepin. O que me importa é saber se a distribuição é segura!
Tal como no Elementary, no Deepin também não tenho certeza do quão segura a distribuição é. Assim decidi ficar afastado desta distribuição mantendo o Debian para uso pessoal e profissional e recomendo que façam o mesmo, embora o Deepin de um modo geral esteja muito interessante.

Espero que este artigo lhe tenha sido útil!

Até à próxima!

Deixem ficar os vossos comentários e sugestões!

Detectou algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a esse artigo? Colabore, clique aqui e ajude a melhorar o conteúdo.